Mulher acusada de matar marido e colocar fogo no corpo será julgada em júri popular – Comando VP
Início » Destaque » Mulher acusada de matar marido e colocar fogo no corpo será julgada em júri popular

Mulher acusada de matar marido e colocar fogo no corpo será julgada em júri popular

Nesta segunda-feira, 18 de junho de 2018, ocorrerá no Fórum Criminal de São Carlos-SP, o júri popular de homicídio qualificado, ocultação e destruição  de cadáver da vítima, professor universitário, MILTON TAIDI SONOD, o qual foi encontrado morto dentro de seu carro no  dia 18-05-2016, , na região do bairro Cidade Aracy, nesta comarca.

Na data, um corpo foi localizado carbonizado dentro de um carro as margens da rodovia SP-215, , São Carlos-SP. .Sonoda era professor universitário em Minas Gerais, mas morava em São Carlos. Milton Taidi Sonoda,  estava em São Carlos, fazendo pós-doutorado na USP .

Na época uma investigação realizada pela Delegacia de Investigações, Gerais (DIG) de São Carlos, esclareceu que o professor foi morto pela sua enteada de 15 anos e sua esposa, mãe da menor. Milene Estácio da Silva, de 35 anos, esposa do professor, irá a júri popular. Familiares e amigos do professor estão defronte ao Fórum Criminal pedindo por justiça. O delegado da DIG acompanha o júri que não tem hora para acabar.

O júri iniciara por volta das 13:00.

Delegado da DIG diz que esposa e assassina de professor era amante de ex-presidiário

Laudo comprova que professor morreu antes de ser queimado e advogado tenta libertar assassina

 

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães