Mulher acusada de matar marido e colocar fogo no corpo será julgada em júri popular – Comando VP
Início » Destaque » Mulher acusada de matar marido e colocar fogo no corpo será julgada em júri popular

Mulher acusada de matar marido e colocar fogo no corpo será julgada em júri popular

Nesta segunda-feira, 18 de junho de 2018, ocorrerá no Fórum Criminal de São Carlos-SP, o júri popular de homicídio qualificado, ocultação e destruição  de cadáver da vítima, professor universitário, MILTON TAIDI SONOD, o qual foi encontrado morto dentro de seu carro no  dia 18-05-2016, , na região do bairro Cidade Aracy, nesta comarca.

Na data, um corpo foi localizado carbonizado dentro de um carro as margens da rodovia SP-215, , São Carlos-SP. .Sonoda era professor universitário em Minas Gerais, mas morava em São Carlos. Milton Taidi Sonoda,  estava em São Carlos, fazendo pós-doutorado na USP .

Na época uma investigação realizada pela Delegacia de Investigações, Gerais (DIG) de São Carlos, esclareceu que o professor foi morto pela sua enteada de 15 anos e sua esposa, mãe da menor. Milene Estácio da Silva, de 35 anos, esposa do professor, irá a júri popular. Familiares e amigos do professor estão defronte ao Fórum Criminal pedindo por justiça. O delegado da DIG acompanha o júri que não tem hora para acabar.

O júri iniciara por volta das 13:00.

Delegado da DIG diz que esposa e assassina de professor era amante de ex-presidiário

Laudo comprova que professor morreu antes de ser queimado e advogado tenta libertar assassina

 

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Classificadão São Carlos