Pele de homem "derrete" e ele diz ter sido obrigado pela polícia a deitar no asfalto quente – Comando VP
Início » Mundo » Pele de homem “derrete” e ele diz ter sido obrigado pela polícia a deitar no asfalto quente

Pele de homem “derrete” e ele diz ter sido obrigado pela polícia a deitar no asfalto quente

Um homem que estava sem camisa sofreu terríveis queimaduras após ser forçado por policiais a se deitar de bruços no asfalto quente na cidade de Sacramento, no Estados Unidos.

O caso ocorreu em junho (no início do verão no Hemisfério Norte) de 2017, mas só agora foi divulgado amplamente. Estima-se que o asfalto estivesse a uma temperatura de 77 graus, de acordo com reportagem da CBS. A família divulgou imagens fortes para chamar atenção para o caso, como a seguinte:

A pele no rosto e no peito de James Bradford Nelson, de 28 anos, “derreteu”. Ele passou dois meses em um hospital da cidade se recuperando das graves queimaduras. James está pedindo na Justiça indenização de o equivalente a R$ 86 milhões.

O americano, que tem problema psicológico, estava andando de forma errática na entrada de uma filial da rede KFC quando despertou atenção de agentes que passavam pelo local. Eles dominaram James e o levaram ao solo.

De acordo com o processo, os policiais que abordaram James ignoraram os gritos dele por causa da forte dor provocada pelo contato com o asfalto.

Fonte: extra

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Classificadão São Carlos