Jovem morta em chacina havia cursado faculdade de direito – Comando VP
Início » Brasil » Jovem morta em chacina havia cursado faculdade de direito

Jovem morta em chacina havia cursado faculdade de direito

Bruna Calderari, 35 anos, foi sepultada na manhã deste sábado (11-11-2017) no Cemitério da Cachoeirinha, zona norte de São Paulo. Ela foi vítima de uma chacina na Vila Albertina, na madrugada da última quinta-feira (9).

De acordo com familiares, Bruna vivia com o namorado na casa da sogra no bairro da periferia de São Paulo. A jovem de classe média chegou a cursar a faculdade de direito na FMU, mas abandonou os estudos por problemas com drogas.

Bruna e outros três homens foram executados em frente a um bar quando ocupantes de um carro se aproximaram e atiraram no grupo. Ela morreu com um tiro próximo a mandíbula. Givanildo Henrique da Silva, Renato Weslly Duarte Bastos e Erivaldo Beltoldo da Silva Filho também foram baleados na cabeça, além de outros ferimentos de bala pelo corpo.

 A perícia encontrou duas cápsulas de calibre ponto 40.    Segundo informações do Boletim de Ocorrência registrado no DHPP (Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa), uma das cápsulas estava sob o corpo de Givanildo e a outra estava embaixo de um Fiat Pálio estacionado no local. Para a polícia, ainda não é possível afirmar a origem da arma. A polícia não tem pistas dos autores do crime.

Esta é a 7ª chacina na capital paulista em 2017, totalizando 25 mortos. Segundo o DHPP, quatro chacinas que aconteceram neste ano já foram esclarecidas.

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Classificadão São Carlos