Jovem morta em chacina havia cursado faculdade de direito – Comando VP
Início » Brasil » Jovem morta em chacina havia cursado faculdade de direito

Jovem morta em chacina havia cursado faculdade de direito

Bruna Calderari, 35 anos, foi sepultada na manhã deste sábado (11-11-2017) no Cemitério da Cachoeirinha, zona norte de São Paulo. Ela foi vítima de uma chacina na Vila Albertina, na madrugada da última quinta-feira (9).

De acordo com familiares, Bruna vivia com o namorado na casa da sogra no bairro da periferia de São Paulo. A jovem de classe média chegou a cursar a faculdade de direito na FMU, mas abandonou os estudos por problemas com drogas.

Bruna e outros três homens foram executados em frente a um bar quando ocupantes de um carro se aproximaram e atiraram no grupo. Ela morreu com um tiro próximo a mandíbula. Givanildo Henrique da Silva, Renato Weslly Duarte Bastos e Erivaldo Beltoldo da Silva Filho também foram baleados na cabeça, além de outros ferimentos de bala pelo corpo.

 A perícia encontrou duas cápsulas de calibre ponto 40.    Segundo informações do Boletim de Ocorrência registrado no DHPP (Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa), uma das cápsulas estava sob o corpo de Givanildo e a outra estava embaixo de um Fiat Pálio estacionado no local. Para a polícia, ainda não é possível afirmar a origem da arma. A polícia não tem pistas dos autores do crime.

Esta é a 7ª chacina na capital paulista em 2017, totalizando 25 mortos. Segundo o DHPP, quatro chacinas que aconteceram neste ano já foram esclarecidas.

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

error: Não é permitido copiar!!




Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!