Caseiro que matou esposa grávida, enteada e vizinho é encontrado sem vida em presídio – Comando VP
Início » Brasil » Caseiro que matou esposa grávida, enteada e vizinho é encontrado sem vida em presídio
Fonte: r7

Caseiro que matou esposa grávida, enteada e vizinho é encontrado sem vida em presídio

O caseiro Wanderson Mota de Protácio, que ficou foragido por sete dias após matar a esposa, que estava grávida, a enteada de 2 anos e 9 meses e um vizinho fazendeiro, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (18-01-2022). Ele estava detido em uma cela do Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital.

O caso é tratado como suicídio, mas a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária informou que abriu procedimento interno para investigar a causa da morte. Não foi informado se Wanderson Mota estava sozinho no local. Na época em que foi preso, a Justiça havia determinado que o suspeito ficasse em cela separada.

Segundo informações da ocorrência obtida pelo R7, dois servidores do complexo prisional encontraram o corpo do caseiro pendurado com um lençol no pescoço, por volta de 7h20, ao entregar a alimentação matutina na ala A da Unidade Especial Núcleo de Custódia. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado às 7h50 e constatou o óbito no local às 8h40.

Em nota, a Superintendência de Segurança Penitenciária disse que o caso foi repassado à Polícia Civil. O IML (Instituto Médico-Legal) foi até o complexo prisional para a retirada do corpo.

Relembre o caso

Wanderson Mota se entregou à polícia na manhã do dia 4 de dezembro. Ele teria entrado na residência de uma mulher, em Gameleira (GO), que o alimentou e o convenceu a se entregar. O caseiro estava foragido havia sete dias.

A série de assassinatos aconteceu em 28 de novembro. Wanderson assassinou a companheira e a enteada, roubou uma arma na casa do patrão, invadiu a propriedade vizinha e matou um fazendeiro, Roberto Clemente de Matos, de 73 anos. Também vítima do agressor, a mulher do homem executado se fingiu de morta para escapar de Wanderson. Nesse momento a polícia foi chamada, mas ele já tinha fugido.

Antes disso, Wanderson havia respondido pelo homicídio de um taxista em Minas Gerais e pela tentativa de feminicídio de uma ex-companheira em um município goiano.

A polícia encontrou os corpos da companheira de Wanderson, Rânia Aranha Figueiro, 21 anos, e da pequena Geysa Aranha na casa do casal, horas depois do crime. Ele foi filmado momentos antes, com as duas, em uma loja, comprando um celular.
Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com




PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vZDZvanc5c3Q4OW8zby5jbG91ZGZyb250Lm5ldC9CUkdhbGxlcnkvaW5kZXgucGhwL3BsYXllci92aWV3L2VsZWdhbnRlMTsxNzc7NTk7WkRNMmJuSXdkVE40YldNMGJXMHVZMnh2ZFdSbWNtOXVkQzV1WlhRdmFXNWtaWGd1Y0dod0wyRndhUzl6ZEhKbFlXMXBibWN2YzNSaGRIVnpMemd5T0RBdk16Y3lNV1pqT0dGak5UQTROamhtWVRBNU9UbGlNalEzTUdVeFpEaGpZelF2YzJWeWRtbGtiM0l6Tmk1aWNteHZaMmxqTG1OdmJRPT07ZmFsc2UiIGJvcmRlcj0iMCIgc2Nyb2xsaW5nPSJubyIgZnJhbWVib3JkZXI9IjAiIGFsbG93VHJhbnNwYXJlbmN5PSJ0cnVlIiBzdHlsZT0iYmFja2dyb3VuZC1jb2xvcjogbm9uZTsiIHdpZHRoPSIxNzciIGhlaWdodD0iNTkiPjwvaWZyYW1lPg==
ARE YOU READY? GET IT NOW!
Increase more than 500% of Email Subscribers!
Your Information will never be shared with any third party.
Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
Jantar Dia das Mães
Imobiliária Cardinali 
- Informe publicitário
Fechar
Classificadão São Carlos