Menor apreendido pela DIG diz que matou professor para não fazer sexo – Comando VP
Início » Destaque » Menor apreendido pela DIG diz que matou professor para não fazer sexo

Menor apreendido pela DIG diz que matou professor para não fazer sexo

Através de um trabalho de inteligência, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São Carlos-SP, identificou um menor de 14 anos, o qual confessou ter assassinado com dois golpes de faca,  Anderson Almeida Delfino, de 32 anos, dentro de sua casa na Avenida Grécia.

Segundo informações, na manhã de segunda-feira, 5 de novembro de 2018, uma pessoa chegou no local e encontrou o corpo da vítima dentro do banheiro. A GM e a PM foram acionadas e a PC registrou o fato no 2º D.P.

A DIG foi em busca de câmeras de segurança das proximidades e através das mesmas conseguiu identificar o menor que segundo o delegado, Dr. Gilberto de Aquino, chegou na porta, bateu no portão, foi atendido pela vítima, adentrou, ficou cerca de 10 minutos, saiu e foi embora. O menor foi encaminhado à DIG, confessou o crime e disse que matou a vítima, pois a mesma teria tentado manter relação sexual com o mesmo. O delegado conversou com a imprensa e segundo o mesmo, o menor disse que deu um golpe de faca nas costas do professor de dança e um no coração.  Disse também que depois roubou o celular e a máquina fotográfica da vítima e foi embora. A máquina ele vendeu por R$ 150,00 e celular disse ter dado para um usuário de drogas.  Após prestar depoimento ao delegado, o adolescente, que segundo consta já tem passagem por tráfico de drogas, ficou à disposição da justiça. A máquina fotográfica da vítima foi localizada com o receptador. A DIG conseguiu recuperar fotos de batizados e casamento e pede se você foi cliente da vítima e não pegou suas fotos, procurar a DIG.

Fotos: CVP

 

 

Fotógrafo é encontrado morto em escritório na Vila Prado

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

3 comentários

  1. Maldita droga, está acabando com a nossa juventude, o traficante deveria receber a pena de morte, só assim para resolver essa mazela da sociedade

  2. Matou,robou,ai pega um advogado cretino que defende esses bandido,e manda ele dizer isto pra alegar legítima defesa!ai a nossa justiça acata com do do meliante!

  3. Quanta mentira, se não tivesse a intenção de roubar não teria roubado apenas se defendido desse suposto assédio, teve intenção sim é planejou tudo !!!

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Classificadão São Carlos