Menor apreendido pela DIG diz que matou professor para não fazer sexo – Comando VP
Início » Destaque » Menor apreendido pela DIG diz que matou professor para não fazer sexo

Menor apreendido pela DIG diz que matou professor para não fazer sexo

Através de um trabalho de inteligência, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São Carlos-SP, identificou um menor de 14 anos, o qual confessou ter assassinado com dois golpes de faca,  Anderson Almeida Delfino, de 32 anos, dentro de sua casa na Avenida Grécia.

Segundo informações, na manhã de segunda-feira, 5 de novembro de 2018, uma pessoa chegou no local e encontrou o corpo da vítima dentro do banheiro. A GM e a PM foram acionadas e a PC registrou o fato no 2º D.P.

A DIG foi em busca de câmeras de segurança das proximidades e através das mesmas conseguiu identificar o menor que segundo o delegado, Dr. Gilberto de Aquino, chegou na porta, bateu no portão, foi atendido pela vítima, adentrou, ficou cerca de 10 minutos, saiu e foi embora. O menor foi encaminhado à DIG, confessou o crime e disse que matou a vítima, pois a mesma teria tentado manter relação sexual com o mesmo. O delegado conversou com a imprensa e segundo o mesmo, o menor disse que deu um golpe de faca nas costas do professor de dança e um no coração.  Disse também que depois roubou o celular e a máquina fotográfica da vítima e foi embora. A máquina ele vendeu por R$ 150,00 e celular disse ter dado para um usuário de drogas.  Após prestar depoimento ao delegado, o adolescente, que segundo consta já tem passagem por tráfico de drogas, ficou à disposição da justiça. A máquina fotográfica da vítima foi localizada com o receptador. A DIG conseguiu recuperar fotos de batizados e casamento e pede se você foi cliente da vítima e não pegou suas fotos, procurar a DIG.

Fotos: CVP

 

 

Fotógrafo é encontrado morto em escritório na Vila Prado

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

3 comentários

  1. Maldita droga, está acabando com a nossa juventude, o traficante deveria receber a pena de morte, só assim para resolver essa mazela da sociedade

  2. Matou,robou,ai pega um advogado cretino que defende esses bandido,e manda ele dizer isto pra alegar legítima defesa!ai a nossa justiça acata com do do meliante!

  3. Quanta mentira, se não tivesse a intenção de roubar não teria roubado apenas se defendido desse suposto assédio, teve intenção sim é planejou tudo !!!

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães