Cinco pessoas vão para a cadeia após roubo a residência – Comando VP
Início » Destaque » Cinco pessoas vão para a cadeia após roubo a residência
Foto: CVP

Cinco pessoas vão para a cadeia após roubo a residência

Um belo trabalho realizado pela Polícia Militar e Polícia Civil na madrugada do dia 28-04-2022 e manhã do mesmo dia, terminou com  seis pessoas  detidas após um roubo a residência na Rua José Palone, bairro Jd. Bandeirantes, São Carlos-SP.

De acordo com boletim de ocorrência,  registrado na Central de Polícia Judiciária, por volta das 2:30, policiais militares foram acionados na referida rua, pois marginais haviam invadido a casa e praticado um roubo. Os bandidos roubaram, dois televisores, alimentos, violão, óculos de sol, máquina digital, perfumes, guitarra, roupas, joias, um veículo Pajero TR 4 FL 2 WDHP, da cor preta, ano 2013,  uma moto Honda Shadw750 da cor preta, ano 2010, celulares, vinhos, pingas, fritadeira, furadeira, tablet, facas, capacete, pipoqueira elétrica, balança digital, bijuterias, celulares, abridor de vinho ( elétrico), 1.285 Euros, entre outros e fugiram. As vítimas de 62 anos e 75 relataram que um dos celulares que os bandidos haviam  roubado estava sendo rastreado e apontava que estava na Rua Joaquim da Cruz Penalva, bairro Nova Estância. Policiais militares se deslocaram para o  local e quando estavam nas proximidades abordaram um veículo, mas seu condutor disse que era veículo de aplicativo. O mesmo ao ser indagado, disse que estava indo em uma casa nas proximidades daquela numeração.

Os policiais foram até este local e pela brecha do portão  puderam verificar que na garagem estava o veículo Pajero,  com a placa traseira coberta por um cobertor. Os policiais apertaram o interfone  e uma voz feminina atendeu. Foi perguntado se alguém havia acionado o veículo de aplicativo e a mulher disse que sim. F.D.S, de 24 anos ( feminina), abriu o portão do imóvel e franqueou a entrado dos policiais.  P.H.F.A, de 21 anos,  esse foi detido no telhado da casa, quando tentativa fugir.  M.W.D, 27 e P.S.V, de 25, ( essa feminina) foram detidos  dentro do imóvel.    Ao serem questionados  sobre o roubo, P.H.F.A, teria confessado o delito e   dito que a moto havia ficado  com um comparsa chamado B. G.S, de 20 anos, morador no bairro São Carlos III.

P.H.F.S,  levou os policiais até a casa do comparsa e o  genitor do mesmo franqueou a entrada dos PMs no imóvel.O homem estava sozinho na casa e autorizou que a PM  realizasse buscas no imóvel. No quarto de B. G.S, os policiais encontraram uma pistola calibre 765, com um cartucho, a qual estaria enrolada em uma coberta e na sapateira. Em cima da cama do suspeito foi encontrada uma mochila e no seu interior objetos roubados. Os policiais conduziram os detidos e também o pai de B. G.S para a Central de Polícia Judiciária.

 O pai de B. G.S fez contato com o mesmo e este por sua vez disse que iria abandonar a moto roubada e se apresentar na Central de Polícia  Judiciária.

A moto foi abandonada na Rua Glaudêncio Zanetti, bairro Santa Angelina. Depois B.G.S, se apresentou  na delegacia e assumiu a propriedade da arma de fogo, mas negou participação no roubo.

F.D.S, de 24 anos( sexo feminino) , disse que estava na sua casa em companhia de sua amiga  P.S.V, de 25, quando ali havia chegado seu “ficante” M.W.D, de 27 anos e P.H.F,21, os quais  teriam guardado o carro roubado e descarregado objetos, mas que a mesma desconhecia que eram produtos ilícitos.

Na delegacia  P.S.V, de 25 anos, disse que estava dormindo na casa da amiga F.D.S, quando chegaram os policiais militares e assim ela tomou conhecimento do roubo que seu namorado B.G.S,de 20 anos, estaria envolvido.

B.G.S, de 20 anos, ao conversar com a Polícia Civil acabou contando que seu primo E.H.M, de 19 anos, era quem havia deixado na sua cama a mochila com os produtos roubados. A delegada de plantão, Dra. Beatriz Pereira Lopes e a PM fizeram diligências  e detiveram  E.H.F.M, de 19 anos, o qual estava usando o capacete roubado  da vítima. Foi dado voz de prisão a este jovem,  e o mesmo também foi conduzido à Central de Polícia Judiciária. A delegada autuou todos em flagrante. As mulheres por receptação. A delegada arbitrou fiança de um salário mínimo para as  mulheres  detidas, mas somente P.S.V, apresentou o valor da sua fiança, sendo assim foi colocada em liberdade.

Os outros indiciados foram recolhidos ao Centro de Triagem de São Carlos, porém serão encaminhados nesta sexta-feira, 29 de abril de 2022, para a Audiência de Custódia, caso sejam, mantidos presos, serão encaminhados a presídios da região. Os objetos roubados e recuperados foram devolvidos para as vítimas, as quais ficaram muito felizes com o belo trabalho realizados pelas policias.

Após roubo, PM dá cana em quadrilha

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com




PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vZDZvanc5c3Q4OW8zby5jbG91ZGZyb250Lm5ldC9CUkdhbGxlcnkvaW5kZXgucGhwL3BsYXllci92aWV3L2VsZWdhbnRlMTsxNzc7NTk7WkRNMmJuSXdkVE40YldNMGJXMHVZMnh2ZFdSbWNtOXVkQzV1WlhRdmFXNWtaWGd1Y0dod0wyRndhUzl6ZEhKbFlXMXBibWN2YzNSaGRIVnpMemd5T0RBdk16Y3lNV1pqT0dGak5UQTROamhtWVRBNU9UbGlNalEzTUdVeFpEaGpZelF2YzJWeWRtbGtiM0l6Tmk1aWNteHZaMmxqTG1OdmJRPT07ZmFsc2UiIGJvcmRlcj0iMCIgc2Nyb2xsaW5nPSJubyIgZnJhbWVib3JkZXI9IjAiIGFsbG93VHJhbnNwYXJlbmN5PSJ0cnVlIiBzdHlsZT0iYmFja2dyb3VuZC1jb2xvcjogbm9uZTsiIHdpZHRoPSIxNzciIGhlaWdodD0iNTkiPjwvaWZyYW1lPg==
ARE YOU READY? GET IT NOW!
Increase more than 500% of Email Subscribers!
Your Information will never be shared with any third party.
Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
Jantar Dia das Mães
Imobiliária Cardinali 
 - Informe publicitário
Fechar
Classificadão São Carlos