Voto arquiva processo contra presidente da Câmara Municipal de Araraquara – Comando VP
Início » Região » Voto arquiva processo contra presidente da Câmara Municipal de Araraquara

Voto arquiva processo contra presidente da Câmara Municipal de Araraquara

O presidente da Câmara Municipal de Araraquara-SP, Jeferson Yashuda (PSDB), está livre de qualquer punição no processo que apurava o uso irregular do carro oficial. O caso estava sendo analisado pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara há quase dois meses.

O nosso colaborador,  Portal Morada apurou  que o prazo para protocolar a decisão final pelo arquivamento se encerrou na sexta-feira, dia 3-08-2018, após a vereadora Thainara Faria (PT) mudar o voto.

Em junho, quando o Conselho havia decidido por 3 votos a 2 punir o presidente da Casa de Leis com 15 dias de suspensão, por usar o carro da Câmara para uma consulta médica em Matão, a vereadora acompanhou o voto do presidente da Comissão, Lucas Grecco (PSB) e do colega Zé Luiz (PPS). Mas, na quinta-feira, dia 2, resolveu mudar e optou em reduzir a pena para 7 dias de suspensão,  levando o processo ao arquivamento, como prevê o Regimento Interno da Câmara. “A vereadora tinha conhecimento do Regimento Interno. Todos os membros do Conselhos de Ética foram orientados que, caso houvesse a mudança de voto, o processo seria arquivado”, disse uma fonte do Portal Morada.

Para passar por votação em Plenário, a maioria precisaria ter continuado com a decisão de suspender Yashuda por 15 dias. O voto de Thainara foi o único diferente da primeira votação. Magal Verri (MDB), que também havia votado por 7 dias de suspensão, e José Carlos Porsani (PSDB), advertência verbal, mantiveram suas decisões.

Entenda o caso

Uma moradora de Araraquara fotografou o vereador Jeferson Yashuda aguardando atendimento em uma clínica médica, em Matão, usando bermuda, camiseta e tênis. Ele usava o carro oficial da presidência da Câmara de Araraquara e motorista.

A denúncia foi feita pelo Jornal da Morada (AM/FM) e confirmada pelo presidente, que na ocasião, justificou a viagem dizendo que aproveitou a data da consulta para entregar ao médico um convite para receber o título de cidadão araraquarense. “Depois ainda participei de uma reunião na Câmara de Matão e, mais tarde, de outra reunião com vereadores em São Carlos”, explicou Yashuda.

Jeferson Yashuda

Entrevista ao Portal Morada no dia 26 de junho o vereador Jeferson Yashuda disse que jamais usaria o carro oficial para uma atividade particular e ressaltou ainda que pediu desculpas pelo traje, mas que não foi para consulta médica e, sim, para convidar o médico para receber uma homenagem na Câmara de Araraquara.

Fonte: portal morada

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães