Vídeo mostra merendeiras furtando alimentos em escola – Comando VP
Início » Destaque » Vídeo mostra merendeiras furtando alimentos em escola

Vídeo mostra merendeiras furtando alimentos em escola

Na manhã desta quarta-feira (11), três funcionárias públicas foram flagradas pela divisão de inteligência da Guarda Municipal furtando alimentos no CAIC do Selmi Dei em Araraquara.

Segundo informações, as três merendeiras identificadas com Lucineia Pereira de 60 anos, Diana das Silva Rodrigues de 35 anos e Marisa do Carmo Ribeiro Melsi de 57 anos furtavam em conjunto diversos produtos alimentícios destinados a merenda das crianças e foram surpreendidas pelos guardas municipais.

Uma delas escondia o material em um carro. Dentro do veículo, foi localizado pacotes de feijão, arroz, carne congelada, óleo, macarrão, chocolate, temperos e outros mantimentos do cardápio escolar, questionada, a mulher não conseguiu responder e começou a chorar.

A Guarda Municipal já havia recebido a informação que alimentos estavam sendo desviados, pois o estoque estava acabando antes do previsto. Um guarda à paisana conseguiu abordar a acusada e câmeras de monitoramento registraram a ação do trio, por diversas vezes dentro da unidade escolar.

As funcionárias foram encaminhadas ao plantão policial para prestar esclarecimentos, porém uma delas ficou muito nervosa, passou mal e foi levada a UPA Central.

Na delegacia foi elaborado boletim de ocorrência de flagrante de peculato e associação criminosa, as três foram encaminhadas para a cadeia feminina de São Carlos onde irão aguardar audiência de custódia.

A Prefeitura de Araraquara se manifestou em nota enviada a imprensa:

“A Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança, informa que a Guarda Civil Municipal, em uma ação na manhã desta quarta-feira (11), prendeu uma servidora municipal (merendeira) que atua no CAIC Rubens Cruz do Selmi Dei por furto de gêneros alimentícios destinados à alimentação escolar dos alunos da unidade.

A servidora vinha sendo monitorada pelo serviço de inteligência, por meio das câmeras de vídeo monitoramento dos próprios públicos municipais, implementado pela Secretaria.

A Prefeitura lamenta o fato e reforça que colaborará com a Polícia Civil, que deve instaurar um inquérito, fornecendo as imagens para apuração do caso. O Executivo também abrirá um processo administrativo interno para apurar as circunstâncias do delito e tomar as providências previstas em lei.”

Foto e fonte: portal morada

 

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Classificadão São Carlos
Classificadao grátis