Pastora é presa suspeita de matar o marido – Comando VP
Início » Região » Pastora é presa suspeita de matar o marido

Pastora é presa suspeita de matar o marido

A Polícia Civil de Porto Ferreira-SP,  solucionou o crime bárbaro cometido em julho do ano  de 2016, quando um corpo foi encontrado  por pescadores dentro de um saco plástico no Rio Mogi Guaçu.

As  investigações levaram até a prisão de três pessoas suspeitas de serem os autores do homicídio: o filho da vítima, uma pastora evangélica (que na época do crime estava casada com a vítima) e o namorado dela.

Em um trabalho de inteligência conjunto das Polícias Civil de São Paulo e da Bahia, as investigações levaram até a prisão da esposa da vítima e do namorado dela em Salvador, capital do estado baiano. Os dois acabaram confessando o crime.

Já o filho da vítima, que segundo a Polícia Civil, também participou do crime -, foi preso no município de Santa Rita do Passa Quatro. 

INVESTIGAÇÃO :

O Instituto Médico Legal (IML) confirmou que o corpo do homem encontrado por pescadores na tarde do dia 21 de julho, no Rio Mogi Guaçu, era de Natanael Silva, morador no Jardim Vitória em Porto Ferreira. O corpo de Natanael estava em estado avançado de decomposição, e tinha as mãos e os pés amarrados. 

Natanael estava desaparecido desde o dia 24 de junho de 2016, quando a polícia acredita que ele foi assassinado. Informações da perícia indicaram que o homem foi morto por uma paulada, já que apresentava uma lesão contundente na cabeça. A partir do laudo da perícia, a Polícia Civil de Porto Ferreira tratou o caso como homicídio, no qual acabou elucidado com a prisão dos três suspeitos.

*Com informações e fotos de Porto Hoje/http://www.descalvadonews.com.br

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Classificadão São Carlos
Classificadao grátis