Mulher morta e esquartejada teria participado de churrasco antes do crime macabro – Comando VP
Início » Destaque » Mulher morta e esquartejada teria participado de churrasco antes do crime macabro

Mulher morta e esquartejada teria participado de churrasco antes do crime macabro

O crime que foi descoberto na tarde desta segunda-feira (01), em Araraquara, revela outros detalhes do sangue frio que os envolvidos tiveram para matar e tentar ocultar o cadáver da vítima.

Após uma ligação ao 190, feita pela proprietária do imóvel, dizendo que estava passando mal e que havia um corpo em sua casa, os PMs localizaram o corpo de Glaucineia Souza Dias, de 43 anos, que morava com o avô na vila do Servidor e estava desaparecida há pelo menos sete dias. Ela foi morta e esquartejada, em seguida os assassinos esconderam o corpo dentro de um tambor, dentro da casa na Rua Américo Cambiaghi, no Residencial Cambuy.

Os investigadores apuraram que na última sexta-feira (29), a vítima e os autores do crime participaram de um churrasco na casa. Em determinado momento houve um desentendimento entre os frequentadores e André Luiz Marconi, de 53 anos, matou a vítima a golpes de facão, cortou seu corpo em partes e colocou dentro do tambor. Segundo a investigação a dona da casa não estava na residência na hora do crime, mas ficou sabendo logo depois e participou do plano de ocultação do cadáver.

A filha dela de 14 anos e o namorado estavam na casa e teriam participaram do crime.

A vítima teria problemas com drogas e inclusive já passou por tratamento em uma clínica de reabilitação e estaria limpa, porém há pouco tempo, passou a integrar o grupo de indivíduos que frequentavam a casa e utilizavam drogas no local.

A família da vítima registrou o Boletim de Ocorrência de desaparecimento somente no domingo (31), e informou a Polícia sobre o problema, que a vítima tinha com drogas.

Hoje familiares tentaram contato telefônico com a vítima mais uma vez; porém quem atendeu foi André Marconi. Fato que teria levantado suspeita por parte dos familiares.

Marconi praticamente atendia o celular, no momento em que se encontrava próximo a residência e fazia contato com a filha da proprietária e o namorado dela. Eles estariam com dois galões de ácido, para dissolver o corpo e ocultar de vez o cadáver.

Novamente houve um desentendimento entre os assassinos, que deixaram a casa e abandonaram o cadáver no local.

Jaqueline, proprietária da casa, apontou os envolvidos. Em poucas horas André Luiz Marconi foi encontrado e preso.

Marconi confessou que o local era usado por usuários e que matou Glaucineia por conta de uma dívida que ela teria com ele.

A filha da proprietária e o namorado ainda não foram localizados para prestar esclarecimentos.

Fonte: portal morada

 

Homem é preso pela PM confessa ter matado e esquartejado mulher

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vZDZvanc5c3Q4OW8zby5jbG91ZGZyb250Lm5ldC9CUkdhbGxlcnkvaW5kZXgucGhwL3BsYXllci92aWV3L2VsZWdhbnRlMTsxNzc7NTk7WkRNMmJuSXdkVE40YldNMGJXMHVZMnh2ZFdSbWNtOXVkQzV1WlhRdmFXNWtaWGd1Y0dod0wyRndhUzl6ZEhKbFlXMXBibWN2YzNSaGRIVnpMemd5T0RBdk16Y3lNV1pqT0dGak5UQTROamhtWVRBNU9UbGlNalEzTUdVeFpEaGpZelF2YzJWeWRtbGtiM0l6Tmk1aWNteHZaMmxqTG1OdmJRPT07ZmFsc2UiIGJvcmRlcj0iMCIgc2Nyb2xsaW5nPSJubyIgZnJhbWVib3JkZXI9IjAiIGFsbG93VHJhbnNwYXJlbmN5PSJ0cnVlIiBzdHlsZT0iYmFja2dyb3VuZC1jb2xvcjogbm9uZTsiIHdpZHRoPSIxNzciIGhlaWdodD0iNTkiPjwvaWZyYW1lPg==
ARE YOU READY? GET IT NOW!
Increase more than 500% of Email Subscribers!
Your Information will never be shared with any third party.
Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Imobiliária Cardinali 
- Informe publicitário
Fechar
Classificadão São Carlos