Motorista que atropelou várias pessoas e matou bebê terá que entregar passaporte para a polícia – Comando VP
Início » Brasil » Motorista que atropelou várias pessoas e matou bebê terá que entregar passaporte para a polícia

Motorista que atropelou várias pessoas e matou bebê terá que entregar passaporte para a polícia

Antonio de Almeida Anaquim, 41 anos, que conduzia o carro que atropelou 17 pessoas e matou um bebê de oito meses na noite do dia 18 de janeiro, na praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, terá que entregar o passaporte. De acordo com a Polícia Civil, a Justiça determinou a apreensão do documento após informações obtidas durante as investigações de que Anaquim tinha a intenção de deixar o país. Segundo o delegado Gabriel Ferrando, a medida foi tomada para evitar que o resultado das investigações seja colocado em risco.

No dia do crime, o motorista do veículo alegou que sofreu ataque epilético e teve um apagão quando dirigia. Anaquim vai responder em liberdade por homicídio culposo — quando não há intenção de matar. O inquérito policial ainda não foi concluído e a situação do motorista ainda pode ser agravada pelo fato dele ter negado possuir qualquer doença neurológica, incluindo epilepsia, na última renovação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação). No entanto, a ficha preenchida pelo condutor apresenta duas rasuras na resposta ao questionamento “você toma algum remédio ou faz algum tratamento de saúde”.

Além disso, em sua carteira de motorista, Anaquim acumula 14 multas, que somam 62 pontos por infrações como avanço de semáforo no sinal vermelho e estacionamento proibido. Segundo o Detran (Departamento de Trânsito), ele estava com a habilitação suspensa desde maio de 2014, mas não cumpriu a exigência de devolução da documento. Para a polícia, o motorista afirmou que não foi notificado quanto a suspensão do direito de dirigir.

Morte bebê

Parentes da pequena Maria Louise, de oito meses, morta nesta acidente, afirmaram que vão processar Antonio de Almeida Anaquim. O advogado da família, Carlos Alberto do Nascimento, confirmou que vai entrar com uma ação na Justiça para cobrar que o atropelador pague o tratamento da mãe, Niedja da Silva Araújo, que também se feriu no acidente e está desempregada. Nascimento disse ainda discordar da avaliação da polícia de que o condutor do veículo não teve a intenção de matar.

Fonte: r7

Carro atropela várias pessoas e mata bebê em Copacabana

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães