"Hoje quem está dando porrada são as mulheres", diz Sheila Mello – Comando VP
Início » Curiosidades » “Hoje quem está dando porrada são as mulheres”, diz Sheila Mello

“Hoje quem está dando porrada são as mulheres”, diz Sheila Mello

O tempo parece não ter passado para Sheila Mello! 20 anos após ganhar o concurso da Nova Loira do É O Tchan!, no Domingão do Faustão, a dançarina  mãe de Brenda, fruto do seu casamento com Fernando Scherer, o Xuxa – continua com o mesmo sorriso angelical e o corpo impecável! A beldade falou sobre os seus cuidados com a beleza, relembrou a sua passagem no grupo baiano e comparou os julgamentos da sociedade da época em que dançava ao lado de Scheila Carvalho com as artistas de hoje em dia, com Anitta.

“Eu acho muito bom como a mulher está sendo apresentada hoje em dia. A gente teve uma geração de tapinhas e um monte de coisas negativas e hoje quem está dando porrada são as mulheres, que eu também não concordo. Eu não concordo que a mulher tenha que ter o mesmo discurso. Não é vingança. Eu acho que tem algumas coisas que são confundidas. Eu gosto da igualdade de gêneros mesmo. Nenhum por cima e nem outro por baixo. Temos que ser tratadas de igual para igual. Hoje em dia, as mulheres têm uma consciência maior do poder delas. Eu venho de uma família que a minha avó era uma paraibana arretada. A minha mãe era a provedora da minha família. Ela se separou do meu pai e criou os quatro filhos sozinha. Na minha família, a minha visão de mulher sempre foi essa. Sempre cresci rodeada de mulheres muito fortes e fico muito feliz de ver este movimento da sociedade olhando a mulher desta forma, mais respeitosa”, comemora.

Sheila acredita que a internet propagou os movimentos de empoderamento. “Na nossa época, não tinha muita voz. Eu acho que sempre houve e houveram vários movimentos. Antigamente, eles eram mais isolados. Hoje em dia, eles ganham mais força. Tanto, que até movimento atrasados, que eram para ser banidos com a internet, ressurgiram. A internet funcionou tanto para o bem, quanto para o mau, infelizmente. Mas acho que agora você encontra um terreno fértil de denúncias. Antigamente, éramos eu e a Scheila juntas, mas não tinha essa força e apoio da mulherada nas redes. Eu acho que essa possibilidade das mulheres se juntarem faz o movimento ficar forte e o que eu falo acaba ecoando em algum lugar, fazendo mudar o pensamento. Este é o poder da internet. A Anitta tem tido um papel bem importante. Hoje em dia, ela é o nome mais forte e quando ela assume um corpo longe da perfeição, com celulite, com um monte de coisas que transformam a mulher artista em humana, é muito bom. As pessoas cobram muito da gente. Mas somos todos humanos. Eu acho que esse movimento tem quebrado isso um pouco. Isso é uma libertação até”, elogia.

Consciente de fazer parte da memória afetiva de uma geração, a loira recebe de forma carinhosa as demonstrações de afeto dos fãs. “Com certeza, eu vejo com muito carinho esse amor do público pela nossa época no É O Tchan! A gente tem muita consciência desse link emocional que as pessoas têm com a nossa história. Hoje, nós temos uma noção maior com esse termômetro que é a rede social. A minha história com o É O Tchan! ficou no passado, mas se transformou naquela memória afetiva gostosa. É um privilégio da vida fazer parte de uma história de alegria. Todo mundo tem uma história e lembrança de alguma festa que dançou por Debaixo da Cordinha, ou a Nova Loira do Tchan. É um privilégio ter vivido tudo isso através da coisa que eu mais amo fazer, que é dançar. E até hoje, em qualquer casamento, ou festa que a gente vai sempre toca e as pessoas pedem para a gente dançar. Elas querem reviver não só a gente, mas também uma fase da vida delas que foi especial”, acredita.

Fonte: Quem

Imagem: Internet

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães