Delegado da DIG diz que "Madame do crime" foi reconhecida em roubo contra motorista de aplicativo – Comando VP
Início » Destaque » Delegado da DIG diz que “Madame do crime” foi reconhecida em roubo contra motorista de aplicativo

Delegado da DIG diz que “Madame do crime” foi reconhecida em roubo contra motorista de aplicativo

Nesta tarde de sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021, o www.comandovp.com.br esteve na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São Carlos-sp, onde conversou com o delegado titular, dr. Gilberto de Aquino e segundo o mesmo, Maria Angélica Macedo da Silva, 29 anos, a “Madame do Crime”, foi reconhecida em mais um roubo nesta cidade.

A jovem foi manchete de sites e jornais de todo Brasil após ter sido presa  no 13/11/2017, por tentativa de furto a residência. O fato que chamou atenção da mídia de todo país é que ela é de classe média alta e ostentava nas redes sociais.  Na época ela ficou algum tempo presa, mas foi colocada em liberdade cerca de um ano e 9 meses.

Nós últimos dias, segundo  o delegado da DIG, dr. Gilberto de Aquino, ela foi reconhecida em três roubos.

O último delito teria ocorrido no dia 04-02-2021:

Segundo boletim de ocorrência, a vítima de 30 anos, a qual trabalha como motorista de aplicativo, no dia 04-02, por volta da 1:35 foi acionada para a Rua Luiz Carlos Caromano, bairro Cidade Aracy, onde adentrou ao veículo um homem e uma mulher.  Estes teriam saído do fundo do imóvel.  A dupla disse que iria para a Rua Antônio Blanco.  Na Rua Antônio Blanco o rapaz disse que não tinha dinheiro e que iria pagar com cartão, contudo teria que ir até um posto de gasolina para sacar o dinheiro. Quando o motorista saiu com o veículo pela Rua Antônio Blanco, ao passar por um beco, o rapaz disse para entrar ( no beco), pois iria na casa de alguém pegar o dinheiro.  Com medo o motorista parrou o veículo e disse que não iria entrar naquele local.  Então o rapaz disse para ir ao posto de combustíveis. Quando chegou na Rua Rui Barbosa, a moça disse para o motorista subir a via, que ela iria na casa de sua mãe pegar o dinheiro.  Assim que a vítima parrou o veículo o assaltante sacou de uma faca e a   colocou nas suas costas.  A ladra colocou a mão no bolso da vítima e roubou cerca de R$ 270,00.  Não contente a ladra colocou uma faca no pescoço da vítima e passou fazer ameaça de morte, caso reagisse. Enquanto isto  o criminoso pelo lado de fora tentava desligar a chave do veículo.  A vítima conseguiu segurar a faca e ligar o veículo. A assaltante puxou a faca e feriu os dedos do trabalhador.  A vítima disse que como tentava se desvencilhar da assaltante  o carro ficou desgovernado e acabou atingindo o muro do Cemitério Nossa Senhora do Carmo. A vítima disse ainda que chegou tomar a faca da mulher e tentar esfaquear a mesma, mas não sabe se ela ficou ferida. Na confusão o boné que a moça usava caiu dentro do carro.

Características dos roubadores, segundo boletim de ocorrência:

Rapaz era pardo, magro, estatura média, aparentando cerca de 30 anos, estava usando máscara para Covid.

Moça branca, estatura média, competição física forte, cabelos curtos, usava um boné cinza, trajava um colete preto.

Delegado da DIG conversou com nossa equipe de reportagem e foi categórico em afirmar que “Madame do Crime” foi reconhecida neste roubo.

Disse que devido a mesma já ter sido reconhecida em dois roubos, ele já teria pedido sua prisão temporária. A justiça concedeu a prisão dia 21-01, mas ela não foi encontrada.

O CVP entrou em  contato com a advogada da suspeita e ela disse que sua cliente nega todos os crimes:

“Luzia Helena Sanchez: Maria nega todos os crimes. Falei com ela hoje. Ela vai se entregar, vai passar por reconhecimento. Ela só nao entende pq em 1 ano e 9 meses que ela ficou solta, nunca atribuíram um crime a ela e de uma hora pra outra estão dizendo que ela é culpada em todos os crimes que vem acontecendo

Curioso que em todos eles tinha mais que uma pessoa e as vítimas só reconhecem ela? No do cemitério por exemplo era um casal, pq só ela?

No outro eram 3 pessoas, pq só ela?”, finalizou a dra.

DIG pede prisão temporária da ” Madame do Crime”

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

2 comentários

  1. Porque Dra. ela já é muito conhecida uma verdadeira MARGINAL.

  2. Ela deve ter problema metal , se estava presa não estava cometendo crimes obvio que ninguém iria falar dela , no caso do rapaz que foi pego por 3 pessoas ela que marcou encontro como nao iriam reconhecer ela , e o bone ,o colete , e está bem visível neh que ficar mais marcada por seu porte físico!!! Nossa que país é esse ,a pessoa espera por justiça e uma desgraçada dessa ainda é capaz de sair livre e o trabalhador que sofreu tudo sair fudido !!!!

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vZDZvanc5c3Q4OW8zby5jbG91ZGZyb250Lm5ldC9CUkdhbGxlcnkvaW5kZXgucGhwL3BsYXllci92aWV3L2VsZWdhbnRlMTsxNzc7NTk7WkRNMmJuSXdkVE40YldNMGJXMHVZMnh2ZFdSbWNtOXVkQzV1WlhRdmFXNWtaWGd1Y0dod0wyRndhUzl6ZEhKbFlXMXBibWN2YzNSaGRIVnpMemd5T0RBdk16Y3lNV1pqT0dGak5UQTROamhtWVRBNU9UbGlNalEzTUdVeFpEaGpZelF2YzJWeWRtbGtiM0l6Tmk1aWNteHZaMmxqTG1OdmJRPT07ZmFsc2UiIGJvcmRlcj0iMCIgc2Nyb2xsaW5nPSJubyIgZnJhbWVib3JkZXI9IjAiIGFsbG93VHJhbnNwYXJlbmN5PSJ0cnVlIiBzdHlsZT0iYmFja2dyb3VuZC1jb2xvcjogbm9uZTsiIHdpZHRoPSIxNzciIGhlaWdodD0iNTkiPjwvaWZyYW1lPg==
ARE YOU READY? GET IT NOW!
Increase more than 500% of Email Subscribers!
Your Information will never be shared with any third party.
Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Imobiliária Cardinali 
- Informe publicitário
Fechar
Classificadão São Carlos