Como Cuidar da Autoestima? – Comando VP
Início » Colunistas » Como Cuidar da Autoestima?

Como Cuidar da Autoestima?

Como Cuidar da Autoestima?

 Muitas vezes recebo pessoas no consultório com queixas e dores muito diversas, oriundas de situações diferenciadas: Como Cuidar da Autoestima

  • problemas escolares,
  • de relacionamentos,
  • perdas recentes,
  • separações inesperadas,
  • insatisfações profissionais,
  • conjugais,
  • mudanças de difíceis adaptações,
  • entre tantas outras.

Mas em todas as dores que escuto tem algo em comum, durante o percurso que se passou até o momento de se pedir ajuda, sentem sua estima por si mesmo abalada, desestabilizada e muitas vezes destruída.

E então, por que não, recomeçar? Como Cuidar da Autoestima

A autoestima é uma avaliação subjetiva, podendo ser variável de acordo com as situações que o indivíduo passa ao longo da vida e ao modo como ele as percebe.

Não é de modo algum um estado mental/emocional conquistado e enraizado.

Tem a ver com a percepção que cada um tem de si mesmo, levando em consideração sua história de vida pessoal, contexto cultural e social.

A autoestima também envolve crenças e emoções acerca de si mesmo e encontra expressão no comportamento, como por exemplo, ser mais seguro ou inseguro para tomar uma decisão ou fazer uma escolha.

 

Olhar para si mesmo com olhos de amor e afeição, perceber sua história, seus desafios, avanços e projetos, confiar em si mesmo e no seu próprio tempo, são caminhos para cuidar da autoestima.

No filme “O discurso do Rei”, o rei Jorge VI da Inglaterra apresenta grandes problemas de gagueira, atrapalhando e prejudicando os discursos que ele precisava realizar e influenciando diretamente sua autoestima.

O filme percorre o processo de evolução e superação do monarca, desde o momento em que este aceita sua dificuldade, e posteriormente procura ajuda.

Durante o tratamento é identificada a origem psicológica de sua gagueira. Como O rei revela alguns dos seus traumas de infância: a severidade do pai, a repressão por ser canhoto, o doloroso tratamento de seu joelho, uma babá que preferia seu irmão mais velho e que o beliscava para fazê-lo chorar e ser repreendido pelos pais, e a morte de seu irmão mais novo.

Desta maneira podemos perceber o quão um sintoma (no caso do rei, a gagueira) é subjetivo e pode ser originado de fontes tão diversas e inconscientes..Como Cuidar

Esses sintomas trouxeram consequências diretas na vida social e profissional do protagonista.

Quantas vezes não bloqueamos algum processo do nosso crescimento ou criatividade, atrapalhando diretamente nossa autoestima?

Seja por uma situação inesperada, um trauma, uma grande mudança, uma crítica não construtiva… Enfim, muitas situações!

É importante ressaltar que uma boa autoestima permite a autoproteção e o desenvolvimento pessoal e a falta dela, ou sua baixa, afeta a saúde, as relações sociais e a produtividade.

 

Uma boa forma de cuidar da autoestima é olhar para si através dos seus próprios olhos, através do autoconhecimento.

E como disse Nietzsche: Nunca é alto o preço a pagar pelo privilegio de pertencer a si mesmo.

Adriana Gomes

CRP-06/48544

Rua: Conde do Pinhal 1831 – sala 03 – centro – São Carlos/SP

Fone(16) 99245-5338

Facebook: @adrianagomespsicologa

Instagram: @adrianagomes5901

Atendimento on line: https://goo.gl/DGkhSV

 

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Classificadão São Carlos