Barbas são 'ricas' em bactérias – Comando VP
Início » Mundo » Barbas são ‘ricas’ em bactérias

Barbas são ‘ricas’ em bactérias

A pele humana, incluindo cabelo e barba, é a segunda parte do corpo com maior quantidade de bactérias, perdendo apenas para o intestino, de acordo com o dermatologista Caio Lamunier, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP). Ele explica que essas bactérias, presentes no tecido corporal, ajudam na proteção da pele contra infecções.

Um estudo europeu mostrou que a barba de um homem tem mais bactérias que o pelo de um cachorro, mas isso não quer dizer que a barba seja suja. “As pessoas interpretam as bactérias de maneira errada, como se fossem sujeira. Nós vivemos cercados por bactérias e temos cerca de 10 vezes mais delas no nosso corpo do que células. Se matássemos todas as que existem no nosso corpo, morreríamos”, explica Lamunier.

Essas bactérias são chamadas de “bactérias comensais”, vivendo em harmonia com outros seres e favorecendo uns aos outros. No caso dos germes que habitam a pele, elas são as responsáveis pela produção do cheiro característico de cada um e pela proteção contra outras bactérias.

Lamunier afirma que são várias as famílias de bactérias que vivem na pele, sendo as principais as Staphylococcus e as Streptococcus, que são geralmente benéficas. Entretanto, alguns tipos de bactérias podem ser patológicas quando há mudança de cepas e desequilíbrio na flora bacteriana e, se chegarem à corrente sanguínea, podem ocasionar doenças, mas são raras. Além de bactérias, as barbas podem carregar ácaros, vírus e fungos, mas com menor frequência.

Fonte: r7

Compartilhar

Seu comentário é de sua inteira responsabilidade. Não reflete nossa opinião.

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.





Curta nossa Fan Page
Visite nosso site!
Visite nosso site!
Casa de Carne Milaré
STUDIOK
DEMILLUS
Jantar Dia das Mães
Classificadão São Carlos
Classificadao grátis